Skip to main content

O que são Small Caps?

Quando o assunto é bolsa de valores, naturalmente pensamos nas grandes empresas do mercado. Vale lembrar que existem algumas ações menos conhecidas, como as “Small Caps”, que podem oferecer boas oportunidades de lucro. 

As “Small Caps” são ações de empresas que possuem um menor valor de mercado. Os aspectos que as definem são obtidos a partir do volume de faturamento ou de transações de uma empresa, que podem facilmente oscilar de um mercado para o outro. Isso não significa necessariamente que sejam menos relevantes: apesar do risco, elas apresentam uma capacidade lucrativa positiva.

Em geral, as “Small Caps” abarcam dois segmentos:

  1. Novas empresas que não possuem liderança de mercado;
  2. Empresas atuantes no mercado há um certo tempo, com liderança variável em seu setor.

Um ponto a destacar é que, devido ao seu menor valor de mercado, as “Small Caps” têm maior potencial de crescimento e valorização em relação às ações de empresas de grande capitalização.

Por que investir em Small Caps?

As “Small Caps” possuem peculiaridades que pode ser vantajosas ou não, a depender de como você deseja lidar com essas ações.

Diferentemente das grandes empresas, as pequenas empresas raramente são comentadas no mercado financeiro. Isso é desvantajoso quando se considera que são necessárias informações confiáveis ​​e analíticas para se investir. Mas, isso pode ser uma vantagem se você se utilizar dessa vulnerabilidade para pesquisar mais informações e, assim, avaliar se o “Small Cap” é econômico ou não.

Outro fator que pode tornar as pequenas empresas mais atraentes é que elas não são tão sensíveis ao mercado internacional. A disputa comercial entre a China e os Estados Unidos está causando uma crise econômica mundial. Isso, acrescido de outras diversas situações, causa um aumento no preço do dólar, exacerbando a dívida associada à moeda americana. As grandes empresas geralmente sofrem nesse contexto, porém, as “Small Caps”geralmente não são tão impactadas em tais cenários.

Mais um diferencial favorável é que, como as Small Caps são pequenas, elas podem expressar intenções de serem dominadas por concorrentes ou fusões. No caso de um processo de compra ou fusão, é provável que o preço das ações aumente acentuadamente em um tempo relativamente curto, uma vez que o potencial de desenvolvimento da empresa geralmente aumenta após essas operações.

É arriscado investir em Small Caps?

De um modo geral, no investimento em ações você sempre enfrentará riscos, mas com probabilidade lucrativa. Essa probabilidade rentável é ainda mais sólida para ações de pequena capitalização.

Isso porque as “Small Caps” possuem alta tendência em expandir por estarem em processo gradativo de ascensão, propiciando altos índices lucrativos. O risco de investimento, em suma, se baseia no aspecto de estagnação da atividade exercida.

Portanto, antes de realizar um investimento em “Small Caps”, é necessário compreender que:

  • São ativos de baixa liquidez: ou seja, existe o risco de comprá-los e não vendê-los.
  • O acesso de análise de dados é precário: como essas ações são novas na bolsa, não há muitos dados a respeito de suas atividades.
  • Existe o risco da atividade estagnar ou falir: o crescimento da empresa não pode ser mensurado.

Agradecemos a leitura do nosso artigo e esperamos ter contribuído com o seu entendimento sobre o assunto. Aproveitamos para indicar outros conteúdos do nosso blog e convidá-lo a conhecer um pouco mais sobre a Urso Consultoria.